O valor da vida

A vida está sendo cada vez mais banalizada. Jovens se auto-destroem por prazer, adultos preferem manter o que está errado do que corrigir. Todos perderam o amor ao próximo. Estava lendo no portal Terra a notícia da médica acusada de matar 13 pessoas. Na foto, ela aparece tranquila com um ar alegre. Como alguém pode ficar alegre sabendo que matou 13 pessoas! E mesmo se ela não tivesse matado, ela estaria envolvida do mesmo jeito. Meu coração já fica apertado se eu ver alguém escondendo algum objeto pessoal de outra pessoa e não poder contar, imaginem isso?

As pessoas de hoje tem em si o motivo de viver. Pensam que se eles estiverem bem, nada mais importa. Os médicos de hoje não estão atentos o suficiente nas operações pois não sentem afeto por aquele que está lá, deitado na maca esperando a solução do seu problema, que está lhe prejudicando no dia-a-dia e na vida pessoal. Sinto que viramos apenas dados, números, estatísticas.

Parafraseando a música da cantora Pitty, quando vejo as pessoas, “até acho que ali existe um coração”. Mas acabo de concluir que como eu somos poucos…

Se vocês acessaram o blog, leram e concordaram comigo, pode ser que ainda haja uma esperança.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: